Série aventuras e viagens de Bike – As Casas Gêmeas de Almirante Tamandaré – PR

Para animar vocês a pedalar ainda mais por aí, a gente criou a Série Aventuras e Viagens de Bike! O nosso destino de hoje vai ser para a cidadezinha de Almirante Tamandaré, onde vamos fazer nas estradas rurais o Circuito da Natureza, e ainda conhecer a história intrigante das Casas Gêmeas.

Primeiramente, nosso ponto de saída vai ser no Centro Cívico de Curitiba, perto da praça das flores. Começando nossa viagem de bike a partir dali, pedalando em um bom ritmo, e sem paradas, levaremos em torno de 30 minutos para chegar até nosso primeiro destino: o portal de Almirante Tamandaré, esse tempo vai depender do vento e da animação do grupo.

A viagem de bike até Almirante Tamandaré PR

Enfim a aventura já começou, e em torno de um quilômetro a frente do portal da cidade de Almirantes já está, imediatamente, o início da estrada do Circuito da Natureza! Boa parte da estrada é asfaltada, mas que não está lá nas melhores condições, por isso é bom estar sempre atendo a todos os equipamentos de segurança. Os problemas do asfalto definitivamente não impedem de apreciar a paisagem verdadeira que nos fazem companhia em todo o caminho, e é muito exuberante.

Além delas, vamos ter outras companhias no caminho: as graciosas construções coloniais que dão mais charme ao percurso e um ritmo de pedalada tranquila. Este é um percurso de 9km, que tem como ponto de chegada Marmeleiro. À primeira vista, Marmeleiro é uma pequena vila muito simpática, e bem amigável para os ciclistas.

Marmeleiro e as Casas Gêmeas

Logo em sua entrada, em uma pequena subida, nos deparamos com uma bela Igrejinha, de uma arquitetura bem característica do interior.  Não muito longe dali estão as famosas Casas Gêmeas, uma das razões para nossa viagem de bike até aqui.

A construção é realmente peculiar, atrai olhares e câmeras. Contam que no passado se tratava de uma casa apenas, de um casal de italianos que em meio a muitas brigas resolveram se separar. Então dividiram a casa em duas partes gêmeas, e cada um ficou com sua própria metade.  A história deve ter tido um final feliz, pois até hoje as duas casas são muito bem conservadas.

Logo, voltando aos pedais, a próxima parada será a nascente do Rio Passaúna. Aqui deixamos de seguir pelo asfalto e passamos ao chão de terra. Para um ciclista raiz, isso deixa o passeio mais animado! Este já é também, o caminho de retorno para Curitiba, e se até agora o passeio estava muito suave, chegou o momento de suar. Assim também funcionam as viagens de bike!

Ao pegarmos a subida que fica na Estrada do Lixão, que cá entre nós não faz jus ao nome, vamos precisar fazer uma força nos pedais. Pouco depois do fim desta subida está o bairro Lamenha Pequena, já na cidade de Curitiba.

Para essa aventura de bike, percorremos em torno de 65km, e o tempo gasto é de mais ou menos 3 horas, dependendo do quanto se quer passar nas paradas. É um passeio com belíssimas belezas naturais, curiosidades, e simples de fazer, com apenas uma ladeira mais pesada.

E aí? Se animou em fazer uma viagem pedalando? Estamos esperando você! Conta para gente se você já fez viagens de bike, e clique aqui para estar equipado para as próximas.

A gente se vê por ai! Boa fim de semana, e não deixe de pedalar 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ganhe 10% Off na sua próxima compra
Assine nossa Newletter e ganhe 10% OFF em todos os produtos do site!
Obtenha ofertas e descontos exclusivos
Ganhe 10% Off na sua próxima compra
Assine nossa Newletter e ganhe 10% OFF em todos os produtos do site!
Obtenha ofertas e descontos exclusivos
Overlay Image
Iniciar conversa
1
Posso ajudar?
Olá, podemos te ajudar?